Carregando, aguarde...

Central de atendimento: 11 3056-9955 / Endereço: R. Bento de Andrade, 379 - Jardim Paulista - São Paulo - SP - 04503-011
Doenças

Estrabismo

O que é?

É o desalinhamento dos eixos oculares, que afetam não apenas a estética, mas também a visão do paciente, principalmente se o tratamento não for realizado precocemente.

A doença é mais comum na infância. Pode atingir de 3% a 7% das crianças.

Sintomas

Os sinais mais comuns são os movimentos desajustados entre os dois olhos, causando o desalinhamento. A dificuldade de manter o foco em objetos e pessoas ou de caminhar em linha reta com um olho fechado também são sintomas claros de estrabismo.

Em adultos, o problema pode aparecer de forma repentina, podendo causar visão dupla, chamada de diplopia. O estrabismo também pode ser consequência de outros transtornos, como aneurismas, AVC, hipertensão, diabetes e tumores. Em alguns casos, pessoas com alto grau de miopia podem desenvolver a doença.

Tratamento

O oftalmologista define qual é a melhor forma de corrigir o estrabismo. Os tratamentos mais comuns são oclusão (tampão adesivo para os olhos), óculos, prismas, injeção de toxina botulínica e cirurgia.

Em crianças, há duas fases para o tratamento. Na primeira, o médico se concentra na visão, tanto para impedir seu comprometimento quanto para melhorar sua qualidade. Na segunda etapa, passa a se dedicar ao alinhamento dos olhos, restaurando seu equilíbrio.

Dica da Molinari

  • É extremamente importante realizar o tratamento precoce. Por isso, é necessário estar atento aos sintomas descritos acima. O alerta é válido, principalmente, para pessoas que possuam histórico de estrabismo na família.