Carregando, aguarde...

Central de atendimento: 11 3056-9955 / Endereço: R. Bento de Andrade, 379 - Jardim Paulista - São Paulo - SP - 04503-011
Doenças

Ceratocone

O que é?

O ceratocone é uma doença que desgasta a córnea, deixando-a mais fina e em formato de cone. É um problema congênito, o que significa que o paciente nasce com predisposição.

A patologia também causa aumento nos graus de astigmatismo e miopia, já que degenera a resistência e a elasticidade da córnea, impedindo o foco correto das imagens.

O ceratocone costuma se desenvolver durante a adolescência, e raramente surge em adultos com mais de 30 anos. A doença atinge de 0,5% a 3% da população mundial.

Sintomas

É muito difícil diagnosticar o ceratocone nos primeiros estágios, pois os sintomas iniciais são a miopia e o astigmatismo. Outros sinais que podem surgir são a visão embaçada e distorcida e a alta sensibilidade à luz.

Causas

O ceratocone pode ser causado por alterações físicas e bioquímicas na córnea. Apenas 27% dos pacientes contam com histórico familiar da doença. Outro fator que pode provocar o problema é coçar excessivamente os olhos, pois isso pode desgastar a córnea.

Tratamentos

Fase inicial: pode ser tratada com o uso de óculos, que precisam ser substituídos com frequência, já que o grau evolui constantemente.

Fase moderada: é necessária a utilização de lentes de contato próprias para ceratocone. Também é possível o implante de anel intracorneano.

Fase crítica: transplante de córnea.

Dicas da Molinari

  • Evite coçar os olhos com frequência. Quando sentir necessidade/vontade, prefira usar colírio para limpar a região e amenizar a sensação incômoda

  • Se usar lentes especiais, lembre-se de higienizá-las com frequência


Consulte um oftalmologista, periodicamente, para controlar a doença com mais eficácia